RECÉM-NASCIDA ABANDONADA NA PORTA DE IGREJA EM JUNDIAÍ-SP RECEBE ALTA E AGUARDA POR ADOÇÃO EM HOSPITAL

Bebê foi encontrado em uma bolsa, na manhã de sábado (8), junto a uma carta que teria sido escrita pela mãe. Processo de adoção foi aberto pela Vara da Infância e Juventude.

A bebê recém-nascida abandonada dentro de uma igreja católica na manhã de sábado (8), na Vila Arens, em Jundiaí (SP), recebeu alta nesta terça-feira (11), segundo o hospital.

Nesta segunda (10), a Vara da Infância e da Juventude abriu o processo de adoção da criança. O procedimento que tira o vínculo entre a criança e a família também corre em segredo de Justiça.

A Justiça considera que, como a mãe deixou a bebê na porta da igreja, a menina foi deixada para ser adotada. Casais que se habilitaram e aguardam na fila para ter um criança já foram contatados. No momento, a bebê aguarda pela adoção no próprio hospital.

Quando receber uma nova família, a guarda da criança será do casal e não mais da mãe. A nova família irá assinar um termo e será acompanhada pela Justiça.

Nesta terça investigadores fazem buscas pelo bairro de imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado o momento em que a mãe andava com a bebê no colo. A mulher ainda não foi identificada.

 

Deixada na igreja
A menina foi encontrada por um vigia que estava no local e ouviu um choro. A mãe também deixou uma carta para quem a encontrasse.

“Cheguei às 7h, ouvi o chorinho e vim ver. A gente olha atrás de bancos da igreja, mas não atrás da porta. Você não imagina que vai ter alguma lá”, afirmou o vigia Luiz Elias dos Santos.

De acordo com a Guarda Municipal, uma equipe foi informada pelo vigilante da igreja de que ao chegar cedo notou que havia uma bolsa no local. Ao verificar, o vigia constatou que no interior estava a recém-nascida. A suspeita é que ela tenha sido deixada na noite de sexta-feira (7) antes da igreja fechar.

Os guardas foram até o local e verificaram que criança não aparentava ferimentos. Os agentes levaram a bebê até o Hospital Universitário.

“A gente fica chateado com a situação. A bolsa estava com o zíper aberto e ela estava encolhida, de lado e um pouquinho molhada, por causa do xixi da noite”, lembrou o guarda municipal Marcel Arruda.

A mulher não foi identificada e a Polícia Civil vai analisar câmeras de seguranças na região.

 

Fonte: G1 Notícias (11/08/2020)

você pode gostar também More from author

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.