Currículos

CONFERENCISTAS

Alexandre Libório Dias Pereira –  Portugal
Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra – Coimbra Business School (Portugal). Leciona diversas disciplinas na área do Direito Empresarial (por ex. Direito das Empresas Públicas, Contratos Comerciais, Legislação Empresarial, Direitos de Autor, Propriedade Intelectual e Concorrência, Direito da Informática), e orienta várias teses de mestrado e de doutoramento. Professor visitante na Universidade de Macau, bem como na UFSC (Florianópolis), UFPR e PUCPR (Curitiba), USP (São Paulo), Agostinho Neto (Luanda) e Politécnica de Maputo, e da Summer School on European Private Law da Universidade de Salzburgo. Docente em diversos cursos de pós-graduação (IJC, APDI, CDB, CDC, IDET) e orador convidado em diversos congressos e colóquios, nacionais e internacionais. Foi estudante Erasmus na Faculdade de Direito da Katholieke Universiteit Leuven e investigador visitante no Instituto Max-Planck para a Inovação e Concorrência (Munique). É membro do conselho editorial ou redatorial de diversas revistas jurídicas, como a Revista de Legislação e Jurisprudência (RLJ) e a Revista de Direito Intelectual (RDI), e autor de várias monografias e de mais de uma centena de capítulos de livros e artigos de revista, nacionais e internacionais. Na Ordem dos Advogados realizou o estágio de advocacia e as provas de agregação. Doutor em Direito, na especialidade de Ciências Jurídico-Empresariais, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com Distinção e Louvor (março de 2008).  Mestre em Direito, na especialidade de Ciências Jurídico-Empresariais, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com 18 valores (abril de 1999).

Alvaro Augusto dos Passos – Brasil
Possui graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (1980) e mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Atualmente é associado – Cominidade de Juristas de Língua Portuguesa, professor dir. internacional público da Fundação Armando Álvares Penteado, professor de dir. constitucional da Fundação Armando Álvares Penteado, professor de direito financeiro da Fundação Armando Álvares Penteado, professor de ciência política da Fundação Armando Álvares Penteado, professor titular da Fundação Armando Álvares Penteado, professor de instituições de direito da Fundação Armando Álvares Penteado, magistrado – Tribunal de Justiça de São Paulo – Desembargador – Tribunal de Justiça de São Paulo. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Ciência Política

Eric Heinze – Inglaterra
Depois de concluir os estudos em Paris, Berlim, Boston e Leiden, Eric Heinze trabalhou com a Comissão Internacional de Juristas e Subcomissão das Nações Unidas sobre Direitos Humanos, em Genebra, e em litígios privados perante o Tribunal Administrativo das Nações Unidas em Nova York. Ele conduz palestras e entrevistas internacionais em inglês, francês, alemão e holandês, e é membro dos Bares de Nova York e Massachusetts, e também aconselhou ONGs sobre direitos humanos, incluindo Liberty, Amnistia Internacional e o Media Diversity Institute. Recentemente, ele atuou como líder de projeto para o consórcio de quatro nações da UE (HERA), Leis de memória na perspectiva europeia e comparativa (MELA). Seus prêmios e bolsas anteriores incluíram uma bolsa Fulbright, uma bolsa do governo francês (Chateaubriand), uma bolsa Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD), uma bolsa da Fundação Nuffield, uma bolsa Obermann ( Centro de Estudos Avançados, Universidade de Iowa) e várias bolsas de Harvard Bolsas universitárias, incluindo bolsa Sheldon, bolsa Andres Public Interest e C. Clyde Ferguson Human Rights Fellowship. Foi cofundador e atualmente dirige o Centro para Direito, Democracia e Sociedade (CLDS) de Queen Mary   Suas opiniões foram publicadas no The Washington Post, The Guardian , The Independent, Times Higher Education, Aeon, The Raw Story, openDemocracy, Speakers ‘Corner Trust, Quillette, The Conversation, Left Foot Forward, Eurozine e outras publicações, e ele fez entrevistas para televisão, rádio e imprensa para a mídia na Dinamarca, Brasil, Holanda, Noruega, Coreia do Sul, Reino Unido e Estados Unidos. Ele atua no Conselho Consultivo do International Journal of Human Rights, da University of Bologna Law Review e do British Journal of Interdisciplinary Studies .   Acadêmico em   The Most Human Right for MIT Press. Seus outros livros incluem Hate Speech and Democratic Citizenship (Oxford University Press, 2016), The Concept of Injustice (Routledge 2013), The Logic of Constitutional Rights (Ashgate 2005; Routledge 2017); The Logic of Liberal Rights (Ashgate 2003; Routledge 2017); The Logic of Equality (Ashgate 2003; Routledge 2019), Sexual Orientation: A Human Right (Nijhoff 1995), e a coleção Of Innocence and Autonomy: Children, Sex and Human Rights (2000). Vários desses livros foram traduzidos internacionalmente.  Atualmente convoca os módulos LLB Democracia e Justiça; Direito, Justiça e Ética; e Direito e Literatura, Partes I e II. Ele também ministrou cursos de graduação e pós-graduação em Jurisprudência e Teoria Jurídica, Direito Internacional Público, Direito Internacional dos Direitos Humanos e Direito Constitucional dos Estados Unidos.

Graciela Medina  – Argentina
Professora Titular da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires. Vice-presidente e fundadora da Academia Ibero-americana de Direito da Família e das Pessoas. Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais. Presidente da Asociación Argentina de Derecho Comparado. Diretório de Mestrado em Direito de Família da Universidade de Palermo.

Guillermo Borda – Argentina
– Law Enteurer da Universidade de Salvador (USAL) e da Universidade Nacional de Lomas de Zamora (UNLZ). Ex-Professor Adjunto da UBA, Museu Social Argentino e Ex-Professor da Universidade Católica de Salta. Diretor do Instituto de Direito Civil da Universidade Nacional de Lomas deZamora. Membro do Conselho Acadêmico da Universidade de El Salvador(USAL). Diretor do Journal of Civil Law da Universidade de El Salvador.   Membro da Academia Nacional de Direito do Peru. Prof. Honorário das Universidades de San Agustín e Santa María de Arequipa e das Universidades: San Pedro, Alas Peruanas e Inca Garcilaso de la Vega, todas elas da República do Peru. Membro do Tribunal de Justiça de CABA, períodos 2014/2018 e 2018/2022. Autor do “Estado em inadimplência (Consolidação da dívida pública interna e a chamada ‘lei do vínculo’)”Ed, Abeledo-Perrot, Bs. As. “A pessoa jurídica e a execução do véu corporativo”. Abeledo-Perrot, Bs.” Manual de Direito Privado”, coautoria com Alejandro Borda e Delfina Borda. Ed. A Lei, Bs. As. “A Lei da Família e das Pessoas – entre o direito dado e o direito projetado”. Córdoba. Direito Civil,Partido Geral, Ed. A Lei, Bs. As. 2018.8. (três edições).  Direito Civil da Família, Ed. A Lei, Bs. As. 2018. É autor de inúmeras colaborações bibliográficas e mais de 80 artigos em revistas nacionais e estrangeiras. Ele lecionou em Universidades, Congressos e Dias de Direito, tanto em nosso país quanto no exterior.  Foi membro do Conselho de Administração da Ordem dos Advogados do Brasil da Capital Federal em 2002/2004 e 2006/2008 e da Assembleia de Delegados de 2010 até hoje.

Ignácio Socias – Estados Unidos da América
Diretor de Comunicações e Relações Internacionais da Federação Internacional para Desenvolvimento da Família (International Federation for Family Development ) – IFFD.  Diretor de relações internacionais do Instituto Internacional de Estudos sobre a Família . Graduado em Direito pela  Universidad Autónoma de Madrid.

Ives Gandra da Silva Martins – Brasil
Conselheiro Científico da Associação de Direito de Família e Sucessões (ADFAS). Professor emérito das Universidades Mackenzie, Unip, Unifieo, UniFMU, do CIEE/O Estado de São Paulo, das Escolas de Comando e Estado-Maior do Exército – ECEME e Superior de Guerra – ESG. Professor honorário das Universidades Austral (Argentina), San Martin de Porres (Peru) e Vasili Goldis (Romênia). Doutor Honoris Causa da Universidade de Craiova (Romênia) e PUC-PR e Catedrático da Universidade do Minho (Portugal). Presidente do Conselho Superior de Direito da FECOMERCIO/SP. Fundador e presidente honorário do Centro de Extensão Universitária – CEU/ Instituto Internacional de Ciências Sociais-IICS e acadêmico de 31 Academias, entre elas: Academia Paulista de Letras; Academia Paulista de Educação; Academia Paulista de História; Academia Brasileira de Letras Jurídicas; Academia Brasileira de Direito Tributário; Academia Brasileira de Direito Constitucional; Academia Brasileira de Filosofia; Pen Clube; Academia Internacional de Direito e Economia e Academia Internacional de Cultura Portuguesa (Lisboa).

Juan Obarrio –  Espanha
Professor da Universidade de Valencia na área de conhecimento do “Direito Romano”. Graduação em Geografia e História; Licenciatura em Direito e atribuição extraordinária de Licenciatura; e Doutor pela Universidade de Alicante. Foi Professor de Direito Romano na Universidade CEU San Pablo Elche de 1994 a 1997; e na Universidade de Valencia desde 1997, cargo que ocupa atualmente juntamente com o cargo de Diretor do Departamento de Direito Romano e Eclesiástico do Estado. Ele também atuou como Professor Associado de História do Direito em Alicante de 1995 a 1997. É autor de 20 monografias e 11 manuais de Direito Romano.

Maria Cristina De Cicco – Itália
Professora Associada de Direito Privado na Faculdade de Direito da Universidade de Camerino (Itália) ; Professora na Scuola di specializzazione in Diritto Civile e componente do Colegiado do Doutorado em Direito Civil na Legalidade constitucional da Universidade de Camerino; Graduada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e pela Faculdade de Direito da Universidade de Camerino; Doutora em Direito civil pela Universidade de Camerino; Foi Visiting Professor na UERJ , na UNIFOR e Professora na Università del Molise e na Università del Sannio (Itália); Coordenadora da Unità di Studi sui Diritti Umani dell?Università di Camerino e para a mesma Universidade, responsável pela Cátedra Unesco: Direitos Humanos e violência, governo e governança ; É membro da Società italiana degli studiosi del Diritto Civile (SISDiC); da Società italiana per la ricerca nel Diritto Comparato (SIRD); Responsável de projetos de pesquisa em tema de ?Pessoa e mercado? ; Autora de publicações na área das Relações existenciais e das Relações patrimoniais; Conferencista e palestrante.

Maria Cristina Zucchi – Brasil
Desembargadora no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Mestre em Direito constitucional comparado pela Universidade Samford (2000) e doutorado em Direito Civil pela Universidade de São Paulo (2005), atuando academicamente nos seguintes temas: direito de empresa e direito constitucional.

Otavio Luiz Rodrigues Junior – Brasil
Fundador da Associação de Direito de Família e Sucessões (ADFAS). Professor Associado do Departamento de Direito Civil da Faculdade de Direito (Largo São Francisco) da Universidade de São Paulo, Coordenador da Área de Direito da CAPES (2018-2022) e membro do Conselho Superior da CAPES. É Livre-Docente em Direito Civil (Faculdade de Direito do Largo de São Francisco – USP),pós-doutor em Direito Constitucional pela Universidade de Lisboa (2011) e em Direito Privado Comparado (2012), na condição de pesquisador-visitante, como Bolsista da Sociedade Max-Planck no Max-Planck-Institut für ausländisches und internationales Privatrecht (2011-2012). É Doutor em Direito Civil pela Universidade de São Paulo (2006), Mestre em Direito (Direito e Desenvolvimento) pela Universidade Federal do Ceará (com louvor, 2001) e Graduado em Direito pela Universidade Federal do Ceará (magna cum laude, 1996). É Editor da Revista de Direito Civil Contemporâneo-RDCC (ThomsonReuters-Revista dos Tribunais) e Coordenador da Rede de Pesquisa de Direito Civil Contemporâneo (USP, Un. Lisboa, Un. Girona, UFPE, UFRGS, UFPR, UFF, UFSC, UFC e UFMT). Possui linhas de pesquisa em Direito Civil, especialmente no Direito dos Contratos e na Teoria Geral do Direito Civil, e em Direito Constitucional, na questão das relações entre direitos fundamentais e autonomia privada. Foi Adjunto do Advogado-Geral da União, Consultor da União e Conselheiro Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações- ANATEL.

 

DEBATEDORES

Alfredo Flores
Doutor em Direito e Filosofia pela Universitat de València (Espanha, 2004). Professor Associado de Metodologia Jurídica na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2007). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGDir-UFRGS, 2007). Sócio efetivo, Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS, 2006). Membro, Instituto Brasileiro de História do Direito (IBHD, 2013). Membro-correspondente, Instituto de Investigaciones de Historia del Derecho (IIHD, Argentina, 2014). Membro, Associação Nacional de História, Seção Rio Grande do Sul (ANPUH-RS, 2015). Membro efetivo, Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRGS, 2016). Associado, Asociación de Historiadores Latinoamericanistas Europeos (AHILA, 2017). Membro, American Society for Legal History (ASLH, 2018). Associado, Asociación Argentina de Filosofía del Derecho (AAFD, 2019). Membro efetivo, Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB, 2019). Membro, Société de Législation Comparée, Section Amérique Latine (SLC, 2019). Sócio efetivo, Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN, 2020). Pesquisador nas áreas de Direito, Filosofia e História, com ênfase especial em Teoria e História do Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: história do direito, metodologia jurídica, história da ciência jurídica, filosofia do direito, linguagem jurídica.

André Dias Pereira – Portugal
Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra; Diretor do Centro de Direito Biomédico; Investigador Integrado do Instituto Jurídico – FDUC; Investigador colaborador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra – CEIS20 (afeto ao Grupo de História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia); Investigador colaborador do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; Membro fundador do Laboratório de Ética Aplicada, sediado no Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; Fellow do European Centre of Tort and Insurance Law; Associado Internacional do Instituto Brasileiro de Estudos de Responsabilidade Civil (IBERC);  Membro do Conselho Redatorial da Revista do Instituto Brasileiro de Estudos de Responsabilidade Civil (IBERC); Membro do Conselho Redatorial da Revista Lex-Medicinae – Revista Portuguesa de Direito da Saúde (desde junho de 2014), tendo sido seu Secretário (de 2003 a 2014); Membro do Conselho Editorial Científico dos Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário (desde 2016); Membro do Conselho Redatorial da Revista do Instituto Brasileiro de Estudos de Responsabilidade Civil (IBERC) (desde 2018); Membro do Advisory Board da Portuguese Law Review (2017) – PoLaR; Curador da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” (desde 2005); Presidente da Comissão de Ética da AIBILI (Association for Innovation and Biomedical Research on Light) (desde 2017, tendo sido seu Vice-Presidente desde 2005); Membro da Comissão de Ética do Instituto Politécnico de Coimbra (2019-); Prof. convidado do Summer Course on European Private Law da Universidade de Salzburg (Áustria) (desde 2003); Membro do Comité de Bioética da Sociedade Portuguesa de Genética Humana (desde 2009); Membro do Órgão Responsável de Bem-estar e Ética Animal do i3S, no Porto (2016-2019); Membro do Conselho Científico-Pedagógico do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (2016-19 e 2019-21); Membro, eleito pela Assembleia da República, para o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (2015), tendo sido seu membro (suplente), eleito pela Assembleia da República; Governor da World Association for Medical Law (2010-2018); Treasurer e Membro do Executive Committee da World Association for Medical Law (de 2012 a 2016); Membro da Comissão de Revisão da Lei de Bases da Saúde n.º 48/90, de 24 de agosto, (1 de Fevereiro de 2018 – outubro de 2018); Membro do Instituto de Direito Comparado Luso-Brasileiro (desde 2015); Membro da European Association on Health Law; Membro da Associação Internacional de Direito Comparado.

Antonio Jorge Pereira Jr.
Doutor, Mestre e Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – Largo de São Francisco (USP). Vencedor do Prêmio Jabuti 2012, categoria Direito, com o livro “Direitos da Criança e do Adolescente em face da TV” (São Paulo: Saraiva, 2011). Coordenador do Projeto “A efetividade da política judiciária em matéria de oitiva de crianças na Justiça Estadual com foco na Recomendação n. 33/2010 do CNJ e na implementação da Lei n. 13.431/2017”, classificado nos termos do Edital de Convocação Pública e Seleção n. 02/2017 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 2017 a 2019. Professor Titular do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito Constitucional da Universidade de Fortaleza – PPGD – UNIFOR. Professor da Graduação e Pós Graduação Lato Sensu em Direito da UNIFOR. Áreas de docência, pesquisa e publicação: Direito Civil, Direito Civil Constitucional, Teoria Geral do Direito Privado, Direito dos Contratos, Direito da Criança e do Adolescente, Direito de Família, Pode Familiar, Direito da Comunicação Social, Direito a Privacidade, Metodologia do Ensino Jurídico, Ética. Dissertação de Mestrado e tese de Doutorado vencedoras do Premio Jurídico Orlando Gomes-Elson Gottschalk, conferido pela Academia Brasileira de Letras Jurídicas (ABLJ). Tese de Doutorado premiada pela Agencia de Noticias dos Direitos da Infância em 2007. Aprovado em concurso publico para Professor de Direito Civil na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (fevereiro 2008), na Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (janeiro de 2000). Aprovado e efetivado como Professor de Direito Civil na Faculdade de Direito da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, UNESP (março 2008). Membro do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP). Membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas (APLJ). Membro da International Academy for the Study of the Jurisprudence of the Family. Membro da Academia Iberoamericana de Derecho de la Familia y de las Personas. Membro da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB-CE. Membro do Comitê Brasileiro de Arbitragem – CBAr. Foi membro da Comissão de Ensino Jurídico da OAB/SP. Advogado regularmente inscrito na OAB/SP e OAB/CE (suplementar). Avaliador do Ministério da Educação (SINAES). Pós-graduando em Políticas Públicas e Direitos Sociais (UNINTER) – 2020 Registro Profissional de Jornalista: 0004161/CE

Bruno de Ávila Borgarelli
Doutorando em Direito Civil pela Universidade de São Paulo. Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo e advogado.

Caio Morau
Doutorando e Mestre em Direito Civil pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (USP), com um ano da graduação cursado na Universidade de Paris. Professor de Direito Civil e Direito Empresarial da Universidade Católica de Brasília. Professor convidado da Escola Superior de Direito no Curso de Pós-Graduação “lato sensu” em Direito Civil e Processo Civil. Professor convidado do Curso Preparatório para OAB Proordem. Professor convidado do portal jurídico Trilhante. Membro da Comissão de Assuntos Legislativos da Associação de Direito de Família e das Sucessões (ADFAS). Membro da União dos Juristas Católicos de São Paulo (UJUCASP). Parecerista “ad hoc” da Revista de Direito de Família e das Sucessões. Monitor de História do Direito na Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Autor de artigos e obras jurídicas. Assessor jurídico no Senado Federal. Consultor, advogado e árbitro (Câmara de Mediação e Arbitragem Especializada – CAMES).

Camilo de Lelis Colani Barbosa
Advogado, mestre e doutor pela PUC/SP. Professor de direito civil (graduação, especialização, mestrado e doutorado) da Ucsal (Universidade Católica do Salvador), professor de Direito Civil da Faculdade Baiana de Direito.

Elden Borges
Doutorando em Direito pela Universidade Federal do Pará na linha Constitucionalismo, Democracia e Direitos Humanos. Mestre em Direito pela Universidade Federal do Pará, com área de concentração em Direitos Humanos. Aprovado com distinção pela banca examinadora. Professor substituto na Universidade Federal do Pará e professor universitário na Faculdade DeVry FACI e na Faculdade Integrada Brasil Amazônia (FIBRA). Advogado. Atualmente integra o grupo de pesquisa Tradição da Lei Natural. Bacharel em Direito pelo Centro Universitário do Estado Pará (CESUPA). Segundo melhor discente concluinte do seu ano. Integrou, na Graduação, a Clínica de Direitos Humanos do CESUPA, por meio da qual participou de diversas simulações de julgamento perante tribunais internacionais. Obteve o prêmio de melhor orador da final e de toda a simulação, em Bogotá, no III Concurso Interamericano de Direito ao Desenvolvimento Sustentável. Integrou o grupo de pesquisa Direitos Fundamentais, Constituição e uso da Técnica da Ponderação como solução racional dos chamados casos difíceis. Cursou até o 4º semestre de Ciências Contábeis na Universidade Federal do Pará (UFPA). Atualmente pesquisa a justificação moral do governo e da democracia.

Hudson Palhano de Oliveira Galvão
Possui Graduação em Direito pela UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008), Mestrado em Direito Constitucional e Garantia de Direitos também pela UFRN (2010), e é Doutorando em Direito, com Especialidade em Ciências Jurídico – Políticas, pela FDUL – Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Ademais, é Diplomado na ESG – Escola Superior de Guerra pela conclusão do CSUPE – Curso Superior de Política e Estratégia (2013). É Presidente da ADFAS – Associação de Direito de Família e das Sucessões no Estado do Rio Grande do Norte. É membro da UJUCASP – União dos Juristas Católicos de São Paulo. É membro do IDASF – Instituto de Direito Administrativo Seabra Fagundes. É líder do GTDEC – Grupo de Pesquisa em Teoria Geral do Direito e Estudos Clássicos da UFERSA. É membro do Conselho Científico Editorial da Revista de Direito Privado da RT – Editora Revista dos Tribunais. É advogado, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Secção do Estado do Rio Grande do Norte. É Professor Efetivo do Curso de Direito da UFERSA – Universidade Federal Rural do Semi – Árido (Campus Central, Mossoró/RN), e também é Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito da UNP – Universidade Potiguar Laureate International Universities, bem como do Curso de Especialização em Direito Administrativo da UFRN, e do Curso de Especialização em Direito Constitucional e Tributário da UFERSA.”

Laura Souza Lima e Brito
Doutora e Mestre pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Doutorado com período sanduíche na Université Paris II – Panthéon-Assas. Graduada em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora e orientadora em Cursos Graduação e Pós-Graduação em Direito. Pesquisadora. Advogada. ww.laurabrito.com.br

Luiz Henrique Volpe Camargo
Possui graduação em Direito pela Universidade Católica Dom Bosco (1998), especialização pela mesma Instituição em convênio com o Instituto Nacional de Pós-Graduação – INPG (2004), mestrado (2011) e doutorado (2017) em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É advogado. Secretário do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP) para o Mato Grosso do Sul.

Marcel Edvar Simões
Mestre e Doutorando em Direito Civil pela Faculdade de Direito da USP. Professor de Direito Civil na Universidade Paulista. Professor e Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Direito Notarial e Registral da Faculdade de Direito do IDP/São Paulo.  Procurador Federal junto à Advocacacia-Geral da União. Procurador-Chefe Substituto do INCRA em São Paulo. Ex-Diretor de Desafios Sociais no Âmbito Familiar da Secretaria Nacional da Família – Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Membro fundador da ADFAS, membro do Instituto Brasileiro de Responsabilidade Civil (IBERC) e membro do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP)

Roberta Drehmer Miranda
Doutora em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Especialista em Direito pela Escola Superior da Magistratura Estadual. Especialista em Metodologia, Aprendizagem Cooperativa e Novas Tecnologias pela Universidade Católica de Brasília . Graduação em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsista CAPES de 2009 a 2012. Professora Substituta de Direito de Familia e Sucessões da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – 2017/1. Professora de Direito de Família e Direito das Sucessões do Curso de Direito da Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre/RS. Professora de Direitos Reais da Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre. Possui linha de pesquisa e trabalhos em Sociologia Jurídica e Direito de Família e Sucessões. Membro do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS) desde 2005. Membro do IBTD (Instituto Brasileiro de Teoria do Direito) desde 2007. Presidente da Seção Estadual do Rio Grande do Sul da ADFAS. Advogada na área de Direito de Família e Sucessões, com ênfase em advocacia colaborativa e orientação familiar. Advogada colaborativa certificada pelo Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas (IBPC) e pelo IACP.

Venceslau Tavares Costa Filho
Advogado. Especialista, Mestre e Doutor em Direito Civil pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Professor de Direito Civil da Universidade de Pernambuco – UPE, e da Faculdade Metropolitana da Grande Recife. Professor Colaborador do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos da UFPE. Professor Permanente dos Cursos de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFPE. Membro efetivo da Associação Norte-Nordeste de Professores de Processo – ANNEP. Diretor da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Pernambuco.

você pode gostar também More from author

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.