MUTIRÃO DE MEDIAÇÃO EM DIREITO DE FAMÍLIA TEM RESULTADOS POSITIVOS NO DF

O TJDFT promoveu, de 21/9 a 23/10, o 1º Mutirão de Mediação em Direito de Família, em parceria com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT e a Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF. Com a participação de 14 varas de Família, foram atendidas 662 pessoas e registrados índice geral de acordo de 64,24% e quantia acordada de R$ 613.852,91.

A Pesquisa de Satisfação do Usuário registrou que, entre partes e advogados, 91,31% dos participantes saíram das sessões de mediação satisfeitos e altamente satisfeitos; 80% afirmaram que melhorou a imagem do Judiciário e 75% manifestaram o desejo de continuidade de audiências por videoconferência, modo como foi realizado o mutirão devido à pandemia.

Cerca de 90% dos participantes ainda classificaram como excelente a atuação dos mediadores; 80% gostariam que o Tribunal realizasse mais ações desta natureza e 70% acreditam que a mediação contribuiu para a diminuição dos conflitos.

mutirão foi idealizado pelo NUPEMEC – Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação  e conduzido por mediadores em Direito de Família cadastrados nos quadros do TJDFT, que atuaram sob a coordenação da Juíza Substituta Marina Corrêa Xavier, responsável pelo NUPEMEC, e supervisionados por equipe do Cejusc – Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania.

As varas que alcançaram melhores resultados foram as das seguintes circunscrições: 2ª Vara da Ceilândia com 100% de acordo; Recanto das Emas, Riacho Fundo e 2ª Vara de Planaltina ficaram empatados com 78%; seguidas do Itapoã com 71%.

A 2ª Vice-Presidência do TJDFT, órgão ao qual o NUPEMEC é vinculado, decidiu disponibilizar o serviço até o final de 2020, por meio do Projeto Mediação para as Famílias nas Satélites – Projeto FAM-SAT, diante dos exitosos resultados alcançados pelo mutirão.

Fonte: TJDFT (04/11/2020)

você pode gostar também More from author

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.