PARA TJSP, NÃO TER A CHAVE DA CASA DO NAMORADO É UM DOS FATORES PARA O NÃO RECONHECIMENTO DA UNIÃO ESTÁVEL

UNIÃO ESTÁVEL. RECONHECIMENTO. DISSOLUÇÃO. Sentença de procedência. Hipótese de ausência de comprovação do relacionamento. Mero namoro. Falecido que poderia ter incluído a ré como beneficiária da previdência; contudo, não o fez. Recurso provido para julgar a ação improcedente.

TJSP

Data do Julgamento: 05/11/2015

Você precisa ser ASSOCIADO para ver esse conteúdo: Entrar

você pode gostar também More from author

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.